Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

7 de jun. de 2022

Alunos do Colégio Edna voltam a protestar contra professor acusado de assédio

 

Na manhã desta terça-feira, 07, vários alunos saíram as ruas com cartazes e gritos de não ao assédio, exigindo que o professor do Colégio Estadual Edna Pinto Daltro, que supostamente teria cometido ato de assédio contra alunas da instituição, seja punido.


Os estudantes saíram do Colégio e percorreram a Avenida ACM, indo até a Secretaria de Educação do Município, mesmo o município não tendo o poder de tomar atitudes por conta do Colégio Edna ser estadual, membros da Secretaria ouviram os reclames. Logo em depois seguiram pela Avenida Luiz Eduardo Magalhães passando em frente ao Forum e retornando para o colégio.

O acaso dos atos de suposto assédio praticado pelo professor veio à tona no último final de semana e nesta segunda-feira, 06 tomou grandes proporções após a divulgação do primeiro protesto dos alunos.


Nas publicações há muitos relatos de alunas que se incomodam com a forma como eram tratadas pelo docente. No final da noite de ontem, o Colégio Edna emitiu uma nota, informando que tomou conhecimento do caso, que já havia informado a Secretaria de Educação do Estado e o professor já se encontrava afastado.

Também informou que estão ouvindo e registrando os relatos das estudantes e solicitamos que se alguma outra tiver qualquer queixa a fazer que procure a direção para registro dos relatos.   


Por conta da Lei 13.689, assinada pelo Presidente Jair Bolsonaro que limita a divulgação de nomes e fotos de pessoas envolvidas em crimes, é preciso esperar a conclusão do processo para podermos divulgar mais informações.


Redação FR Notícias

Nenhum comentário:

Visita Online